sábado, 20 de outubro de 2012

Análise: Crash Bandicoot 3: Warped


Galera do United Gamers, sejam bem-vindos a mais uma postagem! Hoje irei fazer mais uma análise, só que dessa vez de um jogo épico, execelente que serviu muito de inspiração para outros jogos, esse jogo é Crash Bandicoot 3: Warped. Primeiramente quero dizer que joguei esse jogo até o fim, mas não lembro muito bem das fases dele, então me avisem se eu fizer qualquer besteira. Outra coisa que eu tenho que falar é que chegou um novo admistrador no United Gamers, o Avenger Titanium, que é basicamente o Expocker em uma versão vingativa contra os hackers. Também quero informar a todos que nessa próxima semana eu irei fazer uma análise de Crash Team Racing, caso alguém achou que eu já iria passar para o Crash Bandicoot 4: Wrath of Cortex. Então sem mais delongas, vamos lá:

Uma história impressionante envolvendo o tempo!


Bom, a história do jogo começa depois de você ter destruido o Cortex Vortex, onde o dirigivel cai em um templo sagrado, despertando um espirito maligno. O espirito, depois de ter sido acordado, vai atrás de Dr. Neo Cortex, o culpando de ter falhado várias vezes e de ter sido derrotado por Crash Bandicoot, por mais uma vez. Para conseguir derrotar Crash Bandicoot por uma vez por todas, o espirito traz do tempo o Dr. Nefarious Tropy, para ajudar Dr. Neo Cortex a derrotar Crash Bandicoot. Enquanto isso, Crash Bandicoot, Coco Bandicoot, Polar, Aku Aku e Fake Crash estavam relaxando em casa, até que Aku Aku ouve a voz maligna de seu irmão, Uka Uka, o tal espirito despertado. Aku Aku ao ouvir a voz de seu irmão, revela para a fámilia Bandicoot que seu irmão despertou, e que provavelmente ele quer dominar o mundo, e que basta agora todos se unirem para derrotá-lo para não causar o mal ao mundo. A fámilia Bandicoot parte para salvar o mundo, menos Fake Crash e Polar, que resolvem ficar em casa para protege-lá. A história de Crash Bandicoot 3: Warped é ótima, na minha opinião, ela é a segunda melhor da série, perdendo apenas para a história do Crash TwinSanity.

Gameplay inovador e conservante ao mesmo tempo!


Bem, Crash Bandicoot 3: Warped foi um jogo da série que inovou muito a jogabilidade, pois o jogo trouxe várias fases variadas, entre elas a mais conhecida: as fases aquáticas. As fases aquáticas foram uma grande novidade para a série, pois nenhum jogo anterior possuia uma sequer fase aquática, por isso, uma inovação. O jogo também marca a primeira vez que nós podemos jogar com a Coco Bandicoot, onde jogamos com ela nas fases de Jet Ski, de correr com a Pura na muralha e na batalha contra o Dr. Nefasto Gin. O jogo também introduziu as fases de de corrida, onde nós pilotavamos uma moto e tinhamos o objetivo de ganhar uma corrida. Essas fases de corrida, futuramente iriam servir de inspiração para os jogos de corrida da série Crash Bandicoot. O jogo também marca a primeira aparição de Dingodille, chefão do jogo que futuramente iria ser um dos principais personagens da série. Falando em chefão, o jogo possúi 5 chefões, onde eles são Tiny Tiger, Dingodille, Dr. Nefarious Tropy, Dr. Nefasto Gin e Dr. Neo Cortex. Existem várias outras inovações que o jogo trouxe, mas não vou falar delas, se não irei ficar umas 2 horas escrevendo essa postagem.

Um jogo clássico que não deve ser esquecido!


Crash Bandicoot 3: Warped realmente inovou a história dos games, o jogo tinha tudo que uma pessoa podia imaginar naquela época, que já jogou realmente sabe do que eu estou falando. Crash Bandicoot 3: Warped é com toda a certeza um clássico que não deve ser esquecido, esse jogo foi um dos principais motivos da fama do carismatico Masurpial, tanto que o jogo é considerado por muitos o melhor de toda a série, já alguns, consideram o Crash TwinSanity o melhor de todos. Para mim, o melhor de todos é o Crash Team Racing, o jogo foi o que mais me divertia naquela época, mas se há alguma barreira em questão de jogos aventura e corrida, então o melhor de aventura na minha opinião é o Crash Bandicoot 3: Warped, e o de corrida óbviamente o Crash Team Racing. Se você não jogou, não perca tempo, procure um emulador e uma ROM do jogo, tenho certeza que esse jogo te dará várias horas de divertimento.

Gostou da postagem caro leitor? Se sim, fique tranquilo que nessa próxima semana eu irei fazer a análise do Crash Team Racing, um jogo que eu acho que marcou muito a infância de vocês também. Essa postagem fica por aqui pessoal, até a próxima postagem =D

8 comentários:

  1. Crash Bandicoot, Coco Bandicoot, Polar, Aku Aku e Fake Crash... Fake Crash?

    Fake não é da familia do Crash, nem aparece na casa. Ele apenas aparece no Crash 3 como cameo em algumas fases, ao terminar o jogo 100% (ou 105%, não lembro).

    Mas a análise ficou legal, e Crash 3 é show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei disso, só fiz propaganda dele para ficar mais informatvo =D

      Mas o Fake Crash aparece do lado deles no Crash Nitro Kart, ele não seria parte da fámilia? o.O

      Excluir
  2. Mais um grande game do crash xD um dos melhores mesmo! eu acho que vem-o um port para o game boy(eu tenho por ai).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, o Crash Bandicoot 3: Warped com certeza é um dos melhores da série, para mim, ele e o Crash Team Racing são os melhores de toda a Saga Crash Bandicoot =D

      Eu não sabia que existia um port do Crash Bandicoot 3: Warped para o Game Boy Advance, se existe mesmo, aposto que deve ser bizarro e estranho XD

      Excluir
  3. um dos melhores Crash e o mais dificil dos três, na minha opinião. vida longa ao Crash

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, o Crash marcou a infância de muito gente, pena que atualmente a Activision nem liga para ele =(

      De qualquer forma, vida longa ao Crash \o/

      Excluir
    2. Eles podiam fazer um Crash para Ps3,ia ficar muito bom,mas a Naughty Dog que teria que ser a produtora,eu não confio na Activision.Aliás,sua postagem tá muito boa Shadow Mario,tomare que continue assim (ou melhore).

      Excluir
    3. Valeu pelos elogios, eles ajudam muito mesmo =)

      Eu também gostaria de um Crash para o PS3, o problema é que a Activision não quer largar ele nem a pau, a Sony tentou colocar o Crash no PlayStation All-Stars Battle Royale, mas a Activision não deixou eles nem nos sonhos =(

      Na minha opinião, a Sony devia comprar os direitos do Crash, afinal, ela é rica, ela poderia comprar até a série Digimon. Mas para fazer denovo um bom Crash, teria que dar a série denovo nas mãos da Naughty Dog e da Traveller's Tales, as únicas produtoras que realmente foram criativas =D

      Enquanto não lançam um novo Crash, é melhor ficar jogando os jogos já lançados, e comemorar os 16 anos do Bandicoot mais famoso dos games \o/

      Excluir