domingo, 30 de junho de 2013

Microsoft achou que a compra da Rare levaria aos direitos da franquia Donkey Kong!

Eis que eu lhes apresento uma história interessante mas ao mesmo tempo engraçada que ocorreu nos bastidores da movimentada indústria dos Games. Quando a Microsoft comprou a Rare em 2002, uma empresa que estava em mãos da Nintendo a muito tempo, a gigante empresa pensou que estaria também levando junto no pacote a marca Donkey Kong. Essa ilusão durou poucos segundos, pois um funcionário da Rare respondeu simplesmente: não. Esse caso curioso ocorreu durante uma visita da Microsoft em sua recém-comprada desenvolvedora. Depois de um tempo, um ex-funcionário da Rare: Chris Seavor, contou toda essa história em sua conta de Twitter; leia como tudo aconteceu abaixo:




Aqui vai uma história real. Quando a Rare foi adquirida pela Microsoft, um grupo de executivos veio fazer uma excursão pela empresa. Um deles viu pôsters de Donkey Kong por todo o local e disse.. 'Ei, isso é ótimo. Nós temos Donkey Kong, certo?'

Chega a ser irônico o fato dele realmente acreditar que a franquia Donkey Kong também estaria em mãos da Microsoft, sendo que a empresa apenas produzia os jogos. De certa forma, o tal executivo devia saber que Mario e Donkey Kong eram farinha do mesmo saco, sendo que o gorila esteve em quase todos os Spin-Offs do encanador italiano. E você caro leitor? O que achou dessa curiosa história? Comente e deixe sua opinião sobre essa postagem!

Fonte: My Nintendo News

5 comentários:

  1. Bem, obviamente só foi UM idiota qualquer. A Microsoft obviamente leu o contrato inteiro ao comprar a Rare pra saber o que tava pegando. Mas esse cara nunca ouviu falar de Donkey Kong pra fliperama com o Mario como personagem principal?
    Obviamente as duas franquias pertencem a Nintendo.

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkk, história curiosa mesmo. Mas como o amigo ai de cima disse, acho que a dúvida pertencia a algum funcionário mau informado da Microsoft, que empolgado com a ideia fez confusão. Mas muito bom o post, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, e concordo com o que você disse (Ou o que o Juubi disse, sei lá), acho que isso só foi uma dúvida idiota de um funcionário qualquer da Microsoft, ele devia estar dando seus primeiros passos na indústria dos Games, digamos...

      Excluir
  3. Post interessante,já tinha visto no Gamevicio mas as palavras usadas neste são totalmente diferentes.
    Ou esse idiota da M$ tava zuando,ou é burro mesmo,o cara nem sabia de quem era Donkey Kong,pelo amor de Deus,até meu primo pequeno sabe.
    Microsoft queria sugar tudo que a Rare tinha,e pra que?
    Para depois lançar 4 ou 3 jogos se não me engano,e o pior,ficaram beeeeem piores que os lançados nos consoles da Nintendo,depois disso a Rare ficou só fazendo jogos de Kinect,e agora está a fazer um jogo chamado "Street Instinct IV",se é que me entendem...
    E ainda vai ter Battletoads e Banjo,tô com medo do que a Microsoft pode fazer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, a Rare atualmente produz os terríveis jogos para o Kinect, infelizmente Conker e outros foram pro Limbo por causa da Micro$oft, uma pena...

      Acho que os únicos jogos (Na verdade Remakes) bons feitos pela Rare depois de ser comprada foram o Banjo Kazooie do Xbox 360 (Não o Nuts & Bolts, a versão com gráficos melhores que eu me refiro) e o Conker Live & Reloaded, que por mais que foi totalmente censurado, ainda estava bom (Não melhor do que o Bad Fur Day, mas estava bom)...

      Eu espero que a Rare não crie um novo Battletoads, o jogo sairia totalmente escroto como aquele Final Fight: Streetwise, que botou Zumbis e mudou totalmente o estilo (Que era um Beat-'em-Up), iriamos ver os Sapos clássicos usando armas de fogo e lutando em cidades contra alienígenas ou sei lá o que...

      Enfim, gostei muito do seu comentário, realmente expressou a grande cagada que a Microsoft fez na Rare...

      Excluir