sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Franquias/Jogos que deviam retornar - PARTE 2

Olá galera,aqui estou eu novamente em uma continuação de um artigo.
3...2...1...GO!!!

Na primeira parte,eu citei algumas franquias importantes que acabaram perdendo o seu rumo,e não há previsões para novas sequências (na mesma qualidade) tão cedo.Não vemos um Megaman a um bom tempo,Castlevania está para receber um novo game da série,o Lords of Shadow 2 que infelizmente não vai ser um Metroidvania,e Final Fantasy tá no limbo.

Agora vou falar de mais séries que "morreram" e agora precisam retornar à indústria de games.


PRIMEIRA VÍTIMA - BOMBERMAN 
 Inacreditável!Infelizmente,foi isso que Bomberman virou!Uma verdadeira Bomba!
Bomberman,uma excelente série,em que o objetivo era eliminar os inimigos com bombas,mas não era só isso,pois os cenários tinham blocos e habilidades que podiam ajudar ou atrapalhar,adicionando um toque estratégico ao game.Só por isso o game já seria muito original.
E como se não bastasse,eles ainda foram incluindo mais características,como os partners e personagens com suas próprias habilidades,e bem mais vairações nas arenas.Um dos pontos mais fortes de Bomberman era o seu multiplayer (offline),que podia ser acessado pelo modo história e o modo battle,que divertia muitos jogadores,e nesse modo era possível escolher as fases,a dificuldade,os itens,e tudo mais.
Quem dera a série ainda fosse assim...a Konami comprou a Hudson e lançou aquela bomba ali em cima,chamada "Bomberman Act Zero".
O fato é que o jogo era uma tremenda bosta,com design de personagens todos feios e "bad ass",era em 3D com a câmera atrás do personagem,mas além do jogo não ter nada a ver com a série (tirando o outro fato de que,o personagem ainda soltava bombas),ele era extremamente ruim.Tentaram "reviver" a franquia com Bomberman Blast e Bomberman Ultra mas a qualidade não chega nem perto dos melhores Bombermans.
E porque a série deveria voltar?
Principalmente falando,pelo seu multiplayer que era fantástico,para dar uma variada nesses games de hoje em dia que só tem multiplayer online ou só singleplayer (ou os dois).


SEGUNDA VÍTIMA - PRINCE OF PERSIA
 
Jordan Mechner,um designer fantástico criou o magnífico game chamado Prince of Persia,que tinha uma jogabilidade inigualável,com um level design surpreendente,muito bem pensado.O game ganhou destaque também por ter animações muito fluídas de figuras humanas,em que foram utilizadas vídeos e fotografias de seu próprio irmão pulando e correndo.
No game você resolve enigmas,corre,pula,rola,tudo para evitar as inúmeras armadilhas,e tem de fazer tudo isso em apenas 20 minutos para lutar com o último chefe.No segundo game,o Prince of Persia 2:The Shadow and the Flame,meio que mudaram o sistema do jogo,que agora possui mais batalhas,mas ainda tem muitos puzzles,partes de plataforma,etc.
Depois a série entrou para o universo 3D apresentando o game Prince of Persia 3D,ou Prince of Persia:Arabian Nights.Não foi tão bem mas para um primeiro game da série,foi até bom.
Certo tempo depois,trocando de desenvoldora - agora quem comanda é a Ubisoft - tivemos o fantástico Sands of Time,dando um passo à frente na série,com mais possibilidades (por ser 3D e para uma nova geração de videogames),como a de poder voltar no tempo,e continuou com um excelente level design,agora o combate foi aperfeiçoado.A sua sequência,The Warrior Within,para mim foi um passo à trás para a franquia,pois ficou com muitos combates e poucos elementos de plataforma e aventura como o Sands of Time,mas felizmente,o The Two Thrones voltou as origens da série no mundo 3D.E depois vieram três coisas que mataram a série:
  1. Prince of Persia 2008.
  2. Prince of Persia The Forgotten Sands.
  3. A série Assassin's Creed.
Desses 3,com certeza a terceira é a que matou mesmo a série.Basicamente,pegaram todos os elementos de Prince of Persia e trocaram a skin,virando Assassin's Creed,e a Ubisoft lança ele todo ano!
E sabe porque deveria retornar?
Para dar uma aula de level design para os desenvolvedores.

Curiosidade:creio eu que essa série foi a fonte de inspiração para outros games como Flashback,Out of This World,e Tomb Raider,por ter um foco maior no level design.


TERCEIRA VÍTIMA - RESIDENT EVIL
Quem nunca ficou horrorizado quando viu o primeiro zumbi? Que pena que ele não tinha conhecimento do que a série seria hoje...

Resident Evil,desenvolvido e publicado pela gigante Capcom,e criado pelo criativo Shinji Mikami,foi o game que deu início ao gênero survival horror.
Você tinha a oportunidade de jogar com Chris Redfield ou Jill Valentine,que ficaram a cargo de achar um helicóptero,que infelizmente não tinha sinais de sobreviventes,e acabam sendo atacados por cachorros,tentam achar um lugar para se refugiar,e por acaso,entram numa estranha mansão.E sim,foi daí que veio o nome do jogo (traduzindo para o português seria mais ou menos isso:"Hóspede Maldito").No game,você tem que descobrir os mistérios dessa mansão,e escapar vivo.RE tem uma imensa liberdade para explorar e consequentemente,interagir com praticamente tudo,resolvendo puzzles,achando documentos que podem podem revelar segredos da mansão,que fazem parte da história e do próprio gameplay.Mas não pense que é só isso...tem zumbis à solta,e o pior,de vários tipos.É aqui que entra o survival no jogo.Você precisa achar armas,munições,pois elas são escassas (e muitas vezes,vai precisar de matar zumbis),e ervas também,que servem para recuperar sua vida,e o bom é que,por meio do inventário (acessado pelo menu),você pode combinar alguns elementos que servem para ferimentos específicos,.O número de itens que os personagens podem carregar é limitado,sendo assim,terá que descartar ou colocar numa "caixa de itens".Para salvar no game,é necessário o item "ink ribbon",depois é só achar uma máquina de digitar,e pronto.O game também tinha um áudio excelente,que dava a sensação de se estar em um ambiente sombrio.
A sequência,Resident Evil 2 aprimorou alguns aspectos e introduziu o sistema chamado "Zapping System",em que cada personagem (Leon Kennedy e Claire Redfield,irmã de Chris) tem agora sua própria campanha com uma história única e diferentes obstáculos.Curiosamente,o N64 só recebeu essa versão da série.
Resident Evil 3 trouxe o vilão Nemesis para dar uma variada maior na série.Ele aparecia em momentos aleatórios do game,e quem não tomava cuidado era Game Over,pois ele era quase imortal,então o que você devia fazer era fugir o mais rápido possível (ele também era muito rápido!).
A trilogia também ficou conhecida por ser uma das primeiras a usar cenários pré-renderizados no PS1,que davam mais espaço para os desenvolvedores incluírem mais elementos no game.
Bom,chegando na nova geração de videogames,tivemos o Code Veronica lançado para Dreamcast,que acabou recebendo uma versão com novas cutscenes e alguns ajustes na parte gráfica,intitulado Code Veronica X.
Ele foi o primeiro da série a possuir cenários em 3D,e agora a câmera não vai seguindo o personagem,ela alterna entre diferentes ângulos.Algumas características voltaram,como o de dar upgrades nas suas armas,
e colocar um "side pack",que serve para estender a quantidade de itens que se pode carregar.
O Gamecube foi muito feliz em receber esse game,e mais dois ótimos games da série:o Resident Evil Zero,e o Remake.O primeiro permitiu aos jogadores jogar numa só campanha com dois personagens:
  • Rebecca:podia misturar ervas e passar em lugares estreitos mas era sensível (tinha pouca vida);
  • Billy:conseguia carregar objetos pesado,e era muito mais forte,entretanto,não podia mixar ervas.
E um novo elemento muito legal é que agora você pode "dropar" itens no chão,mas eles não somem,e aparecem no mapa para quem sabe,pegar depois.
E o Remake?
Eu infelizmente nunca joguei,mas eu sei que muitos o consideram o melhor da série.
Melhoraram bastante os gráficos e os efeitos sonoros,incorporou antigos elementos que foram usados nos últimos games como a linguagem de corpo,que determinava a vida de seu personagem de acordo com o estado físico dele,e a possibilidade de girar em 180 graus.Foi adicionado também um sistema novo para correr,adicionaram muitas novas áreas,os puzzles mudaram,e temos agora uma arma defensiva,como a adaga.
Antes era assim em Resident Evil:"AAA,que merda,apareceu um zumbi,e esqueci de salvar o game,não posso morrer!"
Agora:"Só isso de zumbis? HAHA,e mesmo que eu morra,vou poder repetir quantas vezes quiser!"

Foi depois deste glorioso game que veio o "matador" da série,o Resident Evil 4.
Não que ele seja ruim,pelo contrário,é excelente,resumidamente,ficou muito mais dinâmico,retirando aquelas movimentações meio que travadas dos antecessores,mas o problema é que,tiraram os zumbis e colocaram canibais e monstros.O gênero da série mudou totalmente,passando de um game de "survival horror" para "ação".E as sequências continuaram com o mesmo pensamento,e a Capcom lançou Resident Evil 5,que é a mesma coisa do 4,e o horroroso Operation Raccon City e o 6.
O Revelations,originalmente lançado para o 3DS até que tentou retornar às origens,mas não chega nem perto de ter a mesma experiência de nenhum da série que seja survival horror.
Então,porque deveria retornar?
Porque é uma série fantástica,e o gênero está escasso (em qualidade),além de que seria bom se lançassem um game que é necessário pensar muito bem antes de agir,para esses novos gamers da geração "leite com pera".
E é assim que eu termino a minha postagem,avisando para que as desenvolvedoras pensem mais de duas vezes antes de produzir as suas séries às pressas e transformá-las em merdas.

Até a próxima galera,se quiserem criticar,opinar,fazer um elogio,dar uma sugestão,ou qualquer outra coisa,comentem!

7 comentários:

  1. Puta que pariu, esse Bomberman novo parece o Homem de Ferro, tá zuado demais esse Act Zero. Konami esfaqueou o Bomberman até a última gota de sangue escorrer, infelizmente.

    Prince of Persia é uma grande perca mesmo, apesar de Assassin's Creed ser um ótimo jogo, ele foi um dos responsáveis da morte dessa ótima franquia.

    Resident Evil nem vou comentar, a série pode se considerar a que mais piorou ao longo dos anos.

    E ótima postagem GF, como sempre muito bem feita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Shadow Mario!
      Bomberman teve um fim muito trágico,antes ele matava os inimigos soltando bombas agora ele se explode com a própria bomba. XD
      Prince of Persia já devia ter voltado faz tempo,mas acho que ele tem que retornar as origens primeiro,ou seja,em 2D.
      Acho que nunca a Capcom vai conseguir consertar Resident Evil,bom mas quem sabe num futuro...bem longo.

      Excluir
  2. Queria que o Alex Kidd voltasse :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe em outra parte eu não coloco ele?
      Acho que esse artigo pode ser dividido em mais de 10 partes.
      Estou pensando passar ele pro fórum do United Gamers criado pelo Shadow Mario.
      O link para ele :
      united-gamers.forumeiros.com

      Ei gente,cadastra lá no fórum pra gente conversar e criar vários tópicos!!!Não perde tempo não!!!

      Excluir
  3. lascaram o bomberman, mas os outros jogos só foram ficando melhor, só o resident que ficou ruim, o melhor resident é o 4 e seguido pelo nemesis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o 2 e o Remake são os melhores,o 3 (Nemesis) evoluiu muito pouco comparado aos seus antecessores,por pra mim não é o melhor mas ele é muito bom.
      Os outros jogos só foram ficando melhor?
      Caramba cara,Prince of Persia piorou muito e ainda por cima parou no tempo,mataram a série.

      Excluir