sábado, 3 de agosto de 2013

Sem Papo Furado

SEM PAPO FURADO!

Seção “Sem Papo Furado”

Decidi criar essa seção para mostrar algumas curiosidades supreendentes que ocorrem no mundo gamístico.

Imersão total

O lado negro do ‘resfriamento por água’



Com as guerras por petróleo e petições para banir games violentos, o Congresso dos Estados Unidos talvez esteja ignorando um dos maiores problemas do país: a visão de que eles não têm muita massa cinzenta. Os Homens de Preto deveriam trancafiar certos indivíduos em uma base subterrânea de embaraços nacionais.

O  mais novo interno seria um menino da Carolina do Norte que, em 2007, quase se matou ao tentar submergir seu Xbox 360 em uma bacia com água. Depois de pesquisar na Internet, o mancebo descobriu que a razão principal para os consoles irem para o paraíso do silício era a alta probabilidade de aquecimento.

Um problema facilmente resolvido, ele pensou. Basta enfiar o console na água enquanto ele está ligado. Várias queimaduras e uma ambulância depois, ele estava no hospital comunitário, se perguntando o que havia acontecido. Parece que fita crepe não cria um invólucro impermeável – e que deixar fedelhos estúpidos jogarem sozinhos não é tão seguro quanto parece...

Veja mais sobre esse caso (em breve, link aqui)

O Caso Hot-Coffee

Em 2005, a empresa Take-Two, teve que enfrentar um escândalo causado pelo conteúdo Hot-Cooffee de GTA: Sandreas – um minigame no qual você pode fazer sexo, tão excitante quanto a visão da vovó Mafalda de biquíni. Ele estava escondido no código do game e foi encontrado por hackers.

A empresa foi obrigada a fechar um acordo para acabar com todos os processos que surgiram em relação à esse assunto. Se uma pessoa, nos Estados Unidos, tivesse uma cópia original de GTA: Sandreas, ela tinha direito à troca do game e reembolso de 70 reais, caso estivesse ofendido com o conteúdo.

Só me pergunto porque nenhuma empresa toma medidas como essa em nossos dias atuais...

(Saiba mais CLICANDO AQUI)

7 comentários:

  1. WTF?
    O menino que fez isso com o Xbox ou é retardado ou tem 3 ou 4 anos de idade.
    Muito interessante essa história do Hot Coffee,dou parabéns a Take Two por ter tomado essa iniciativa de trocar o game e ainda dar 70 reais "de graça" para as pessoas que compraram o GTA San Andreas e o acharam ofensivo.Creio que algumas produtoras deviam fazer isso hoje em dia,por exemplo a Capcom poderia dar gratuitamente o Super Street Fighter IV e o Arcade Edition para quem comprou o Street Fighter IV,seria muito justo.
    Ótimo post LeliJhon,essa seção foi totalmente aprovada por mim! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse garoto possuía 14 anos. Porém, sua mentalidade era de 3 ou 4 anos. Nem preciso dizer que ele era retardado. De acordo com a medicina imposta na Carolina do Norte, ele era somente um adolescente estupidamente burro. Mas, nós sabemos da verdade.

      Enquanto a processos referentes à priorizar

      Excluir
    2. jogadores, isso é quase tão raro quanto neve no Brasil.

      Excluir
  2. Já ouviu falar na história do garoto que matou a mãe com a arma que ela mesmo tinha dado pra ele?
    Isso tudo por causa de um game chamado MW3,pelo que me lembro,a mãe dele o proibiu de jogar,depois o garoto tentou estuprar ela,acabou não conseguindo,e depois a matou.Foi uma história triste,o garoto nem tem idéia do que fez. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu conheço uma de um marmanjo que bateu na mãe e em um policial só para jogar Halo 3.

      Por outro lado, existe outra em que um pedido de casamento é realizado pela Live, envolvendo o mesmo jogo.

      Halo despertando amor e ódio!

      Excluir
    2. Meu Deus,quanto vício,se eu fosse o pai desse menino mandava pra um psicólogo ou dava um coro nele - essa opção acho pior,pois poderia ser preso e o menino ficaria revoltado.

      Pedido de casamento via Live?
      LOOOOOOOOL
      Enfim,essa gente é doida.

      Excluir