sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Minha teoria está quase se concretizando...

Pois é,tive que relançar o post porque ele acabou ficando ofuscado,ninguém deve ter visto.

Pra quem pensa que eu tinha me desligado do blog,está enganado,estou aqui em carne e osso novamente,em mais uma postagem (espero que não fiquem com medo :P).

Riu do título da postagem?
Então olha a notícia

Estudo aponta risco de um novo crash no mercado de videogames

A Superdata, uma empresa que faz pesquisa e analise de dados do mercado, divulgou um estudo indicando que existe o risco de um novo crash no segmento dos videogames.
Segundo eles, 79% dos gamers já possuem um console e este grupo possui em média 2.6 aparelhos cada. Em 1983 houve o crash em um mercado que estava saturado de plataformas e agora existe o mesmo risco.A base instalada atual de videogames é a maior da história e os consumidores podem ser resistentes em adicionar mais um hardware a sua sala de estar.

Em 2008 42% dos gamers jogavam primariamente em consoles, contra 37% em PCs e apenas 5% em mobile devices. Hoje em dia a situação mudou dramaticamente, com 51% dos gamers jogando primariamente em PCs, contra 30% em consoles e 13% nas plataformas mobile.

Fonte: Game Industry

Mas não é só isso.Ainda temos um problemão: o alto custo de produção investido nos games de maneira errada.
Pode ser que por culpa desses gamers que mudaram,que na maioria,só querem saber de grafismo bruto e histórias longas com vários atores conhecidos,as empresas investem praticamente só nisso,e acabam esquecendo coisas mais importantes como IA,estética dos cenários (mais conhecido como level design),etc.Mas gráficos e história custam caro.Caro demais.Imagine,pra você entregar um jogo do jeito que essa galera "hardcore" gosta,você tem que contratar vários atores,pagar para usar uma engine ou mesmo criar uma nova,que leva tempo e custa muito caro também.E se você usar só um pouco da sua mente,perceberá que gráficos e história não são os principais fatores em um jogo,até em RPGs.Pense em Chrono Trigger.Você acha que se ele não tivesse uma jogabilidade sólida,e com um level design bem construído,ele seria tão bom quanto é?
Não.
Agora,e se ele tivesse uma história fraca,você acha que ele seria tão bom quanto é?
Sim,só não teria a mesma qualidade mas seria quase tão bom quanto é.
E é justamente nisso que as produtoras deveriam fazer: focar no principal,e só depois se preocupar mais com outros pontos.
E falando sério: precisa gastar isso tudo que eles gastam pra produzir?
NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!
Acaba que eles gastam muito e ganham pouco,ou seja,não tem lucro!
A Nintendo já ensinou que não é preciso investir horrores pra produzir um game de qualidade alta e que venda muito.Não só em games mas também em consoles.Olha o Wii,bem menos potente que o PS3/Xbox 360.Aí você pensa:
"Vish Nintendo se fudeu foi gastar pouco no hardware,ninguém vai comprar".
Pois é,tanto que vendeu mais de cem...milhões.A Sony também já demonstrou isso com o PS1 e o PS2: ambos eram mais fracos que os concorrentes,porém,foram os que,vamos dizer,ganharam a geração.
Lembrem-se que um console com hardware mais fraco pode ajudar e muito na hora de produzir,pois é mais fácil e rápido,e só é preciso uma baixa quantia de dinheiro para fazer jogos para ele.
E é por isso que a "Minha teoria está quase se concretizando...".
Precisamos de um crash mesmo pra acabar de vez com fanboys,haters,empresas mercenárias,e tudo de ruim que estamos presenciando nessa geração cocô.
Que o crash venha,estou preparado!


Agora antes de terminar,queria pedir para os outros redatores do blog darem mais atenção as minhas postagens (sem querer me gabar),ao do Shadow Mario e LeliJhon.Geralmente quando nós fazemos um post,só nós três que comentamos (+ o mano AdrEbersol,que é dono de outro blog).Estou pedindo isso para que o blog seja melhor divulgado (sim comentários ajudam a divulgar o blog),e as postagens,melhor avaliadas.Lembro-me do final do ano passado,todo mundo comentava no post de todo mundo,e as postagens não atingiam menos que 100 visualizações,enquanto que atualmente,atingimos em média 50 visualizações por postagem.

O post lhe agradou?
Se sim comenta,se não,comenta!Qualquer dúvida,sugestão,seja o que for,comente,comente,comente (e comente)!
Um abraço pra todos,e até a próxima (espero que não ofusquem meu post novamente...)

10 comentários:

  1. Post incrível GF,você está certo,gráficos e história não importa,o que vale primeiro é o design,mas,você sabe,tem umas pessoas que se acham gamers dizendo que gráficos é que são importantes num jogo,essas pessoas estão completamente erradas,o que vale é o jogo em si e seus cenários,personagens e outra coisas que não sejam gráficos e história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu David Eric.Gráficos são importantes mas como eu já disse,é um elemento extra,um aspecto que ajuda a complementar um jogo,e a história em games,vamos dizer que é mais coadjuvante ainda,pois há games que nem tem história,como Gran Turismo.
      Supondo:
      Pra um jogo ser "perfeito",em geral,ele tem que unir jogabilidade,design,gráficos,áudio,e deixa-los impecáveis,sem nenhum ponto fraco.
      Mas o que faz mesmo a diferença,é a jogabilidade e o design,fora alguns jogos que tem mais elementos,como o já mencionado Gran Turismo,em que temos que analisar também a física e outros aspectos.
      Essas pessoas que se acham gamers "poderosos" estão acabando com esta indústria,fora as empresas que não tem a mínima vontade de pensar bem antes de agir.
      A e só pra constar uma coisa:esse último desenho é meu. XD
      Um abraço pra tu!

      Excluir
  2. Se Chrono Trigger tivesse uma história pior, ele não seria lembrado hoje nem que a vaca tossisse, porcos voassem and gatos mugissem.
    RPGs são a história. Um RPG sem uma história que preste não seria muito melhor que um Sonic 2006 da vida. E tenho dito.
    É uma questão de que gênero estamos falando. Alguns gêneros precisam mais da história do que outros. Jogos de plataforma geralmente não precisam de uma história, as RPGs RESPIRAM história. A falta de uma história boa em Skyrim é um dos motivos porque eu desprezo esse jogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ainda sim juubi,a jogabilidade tem que ser o principal,mesmo em RPGs.Imagine RPGs só com história boa e jogabilidade fraca.Aliás,um bom exemplo é o Mass Effect 2,que tem uma história excelente,dá pra fazer até filme,eu mesmo iria comprar original,o problema é que,claro,Mass Effect é um jogo e não um filme,e tem uma jogabilidade falha,deixando o jogo irritante para aqueles que procuram jogar um bom jogo e não um game com história agradável.
      Skyrim não tem uma história boa,mas também tem muitos bugs e alguns defeitos na jogabilidade,como o combate que é muito besta,mas mesmo ele tendo seus pontos negativos ele é um jogo muito bom pois a jogabilidade em geral é muito boa.E se Chrono Trigger não tivesse uma história claro que seria muito melhor que Sonic 06,pois aquele dali falha em todos os quesitos.
      História é importante em RPGs mas o foco principal mesmo tem de ser na jogabilidade,se não o game fica injogável.

      Excluir
  3. Ótimo post, valeu pela menção honrosa, eu sempre acesso o site quando tenho tempo. E esse seu post, foi mais ou menos um desabafo, estou certo? Por estar cansado dessas palhaçadas que vimos hoje, que tudo é história e gráficos, nada mais importa. A jogabilidade pode ser genérica que não tem problema, o bom mesmo é que tenha gráficos ótimos e a história nos faça chorar. A foda-se isso, to cansado dessa merda também, como muitos já leram eu falei bastante dessas merdas em um post do lixeiro. QUE VENHA O NOVO CRASH ENTÃO. Mas acho que isso pode ser difícil, pois os games estão faturando muito com essas merdas de JOGOS/FILMES. Flw abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou.Sim foi um desabafo,não aguento mais esses gamers e empresas malditas.
      Pego emprestado o excelente comentário do amigo Arlindo Orlando,do fórum Outerspace:
      "Penso igual. Quando história começou a ter relevância em jogo, videogame era algo existente há vários anos, com ampla aceitação. Ou seja, fosse só uma moda passageira, se não tivesse nada para ser agregado à rotina das pessoas, iria passar batido, com certeza. Mesmo uma tecnologia primitiva como a de um Atari 2600 conquistou fãs. Hoje, meu irmão de 11 anos estava jogando Prototype 2 no meu Ps3. Depois, botei um emulador de Atari e ele se divertiu bastante jogando Pitfall, que, por comparação, é bem rudimentar. Videogame é lúdico, interativo, manipulativo, você tem o controle, isso que atrai, essa que é a diferença, há ação e reação, seus comandos influenciam diretamente o desenrolar da brincadeira. História é um extra, chama até quem não curte muito videogame. O pai de um colega meu não joga, mas já comprou alguns jogos pro filho só pra assistir ele jogando, ver como a história se desenrola, esse é um prisma mais cinematográfico dos jogos, algo presente na atualidade. Interessante? Sim. Mas tudo é composto de sua essência mais detalhes, e detalhes necessitam de dosagem. Uma sopa é um prato, a essência, por si só está constituída; o sal é tempero, ajuda no sabor, mas não pode ser nem pouco, nem muito, há uma medida certa. Você pode tomar uma sopa sem sal, mas comer o sal puro, sem a sopa... não desce bem."
      E é verdade,as empresas se focam só nisso,e nos gráficos,e como você disse,acabam deixando a jogabilidade genérica,e o que é mais ridiculamente ridículo é que os gamers engolem isso como se fosse algo bom.
      Seu post foi excelente AdreBersol,tinha que ser vista por vários leitores e leitoras.Resume bem o que esta indústria está se tornando.
      Até por volta de 2016,o crash dos games vai acontecer novamente,eu tenho quase certeza,eles estão ganhando muito mas estão perdendo também,é só ver a quantidade de empresas que estão falindo e outras que estão quase chegando nesse nível.
      Flw abraços e...
      Shadow Mario eu tô com saudades! XD

      Excluir
    2. Mas cara, onde ta esse comentário? Não encontrei em lugar nenhum. Se possível pede para ele falar comigo, que quero publicar esse comentário como um post do Lixeiro de games. Muito bem escrito, pede pra ele entra aqui nesse link e mandar uma msg autorizando a publicação, e me diz onde ta esse post.
      http://www.lixeirodegames.tk/p/contato.html

      Excluir
    3. Coloquei o link ali do lado,no chat do UGB.
      Vou comunicar ele.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigado!
      Mas não sei se posso ser chamado de "o cara".
      Eu sou só um zé. hahaha

      Excluir