terça-feira, 22 de outubro de 2013

Review - Batman Arkham City

Olá leitores e leitoras,estou eu aqui,GF,em mais uma postagem.Ou melhor,uma review.
O que é uma review?
Simples,review é uma análise/crítica.E venho com uma nova informação:
De agora em diante não colocarei mais notas em minhas análises,no lugar colocarei um nível de recomendação.

Chega de informações e vamos direto ao review.

Informações iniciais
Batman Arkham City é um jogo de ação/aventura,lançado em 2011,para o PS3,Xbox 360,e Windows.
O jogo é uma sequência do inovador Batman Arkham Asylum,que foi considerado um dos melhores jogos de 2009,e de toda esta geração.Uma versão "GOTY" foi lançada posteriormente,e ela inclui todas as DLCs do jogo,e nem é preciso baixar nada,pois tudo está no próprio disco do jogo.Além disso,o jogo possui legendas muito bem feitas em português brasileiro.

Uma aula de jogabilidade e level design
Tudo em Arkham City funciona corretamente.
O seu sistema de combate é fluido,intuitivo e portanto,empolgante.Basicamente,temos um botão para bater,um para contra-atacar,e outro para atordoar.
O botão para atacar serve...an...pra atacar.O contra-ataque só pode ser ativado quando seus inimigos estiverem com uma espécie de "raios" em cima da cabeça,daí,é só apertar o botão correto.
E o atordoamento é essencial contra inimigos maiores ou com algum tipo de proteção.
Por falar em inimigos,eles estão bem mais variados que em Arkham Asylum.A medida que você vai progredindo no jogo,vão aparecendo inimigos mais espertos,alguns passam a usar lâminas,outros usam até escudos.
Olhando primeiramente,a mecânica é bem simples.Entretanto,na sua primeira luta já é possível perceber que esta simplicidade acaba se tornando complexidade.Temos muitas variações de golpes,que funcionam aleatoriamente.

E o que varia mais ainda este combate são os gadgets do Batman,que vão de gancho até batrangue.Por exemplo,se você apertar o L1/LB + botão de contra-ataque,Batman pode puxar seu inimigo com o gancho,ou até mesmo desarmá-lo.
Nos combates contra chefes ou mini-chefes,este combate se estende mais ainda,pois eles tem certas fraquezas que são abatidas por certos golpes.
Mas não é só disso que a jogabilidade de Batman Arkham City é constituída.
Fora dos combates,nós podemos sobrevoar toda a Arkham City.Para facilitar as coisas,temos um mapa a nossa disposição.
Nela há vários inimigos e missões secundárias.Estas missões secundárias,ao contrário de muitos outros jogos,são muito empolgantes e diversificadas,e tem um papel importante na história do jogo.
E os controles do Batman fora das batalhas são bem funcionais.
Podemos planar com sua capa,usar o arpéu para atingir lugares mais altos,usar um scanner para olhar batimentos cardíacos e objetos "interagíveis",um sequenciador criptográfico para obter frequências (até podemos ouvir a uma estação FM,acessando uma frequência específica) e decifrar códigos,dentre muitos outros acessórios.
Voltando aos combates,temos mais um elemento importantíssimo : o stealth.Para quem não sabe,stealth significa "furtividade",ou seja,passar por algo ou alguém sem ser percebido.
Nos cenários de Batman Arkham City,existem vários pontos que te ajudam a fazer isso,como algumas estátuas.Para facilitar esta ação,é recomendável o uso do scanner,que mostra a localização dos inimigos e pontos para se esconder.Podemos pegar os inimigos de várias maneiras:
Ataque furtivo pelas costas,ataque duplo pelas costas,pelas bordas,estátuas,etc.Caso você seja descoberto,é preciso fugir rapidamente pendurando-se em nas estátuas ou sei lá o que,mas se não conseguir escapar facilmente,é só usar o projétil de fumaça,que faz com que o Batman fique imperceptível por alguns segundos.
O jogo também tem um sistema de XP,para darmos upgrades no acessórios,abrir mais opções de combos,e melhorar a sua armadura.
E para finalizar,ainda temos os troféus e enigmas do Edward Nigma,mais conhecido como "Charada".Eles estão espalhados por toda Arkham City,e muitos são bem difíceis de serem coletados,e quase todos necessitam de objetos específicos do Batman.Se eu contar mais sobre estes colecionáveis,estarei dando um spoiler,então,paro por aqui.

A prova de que a Unreal Engine 3 ainda pode impressionar
Começando pelo design.Diferente dos filmes do Nolan (Batman Begins,Dark Knight e Dark Knight Rises),Gotham City tem uma grande personalidade,parece viva,e tudo nela tem uma referência ou no mínimo,alguma coisa interessante.As ruas poluídas,as pichações nas paredes,as casas e os edifícios tem um aspecto "gótico",assim como foi apresentado nos primeiros filmes da série.Cada ponto da cidade foi atentamente detalhado,e provavelmente em nenhum momento você vai falar "eu já vi este lugar antes",pois cada lugar é único.O mesmo eu falo para os personagens do jogo (estou me referindo a todos eles).E ainda o game tem uma iluminação fantástica,com efeitos impressionantes de luz e sombreamento,e as texturas são ótimas,apesar de que em alguns momentos na versão de PS3,elas ficam borradas mas rapidamente elas se atualizam.E é um jogo de mundo aberto,e ainda dá um show em vários games que usam a mesma engine (sim,estou falando de você Mortal Kombat 9).

Um som agradável para os ouvidos
Quem não se lembra do tema do Batman?
Também vai ser difícil esquecer alguma desse jogo.Logo no menu já podemos perceber a qualidade da trilha sonora do jogo,que é decente,melhor que a maioria dos jogos atuais.Elas deixam o jogo ainda mais imersivo,pois dão a sensação de estar num ambiente violento e sombrio.Os efeitos sonoros são tão bons quanto,e cumprem muito bem o seu papel.
Ouçam a música que toca no menu:
E caso não goste da trilha (o que é difícil mas não impossível) do jogo,ou simplesmente quiser outro tipo de música,basta apertar o botão PS (para a versão de PS3) e colocar qualquer uma.

História não é tudo , mas...
Ela é soberba e muito bem contada em Batman Arkham City.Falarei só o básico para não dar grandes spoilers:
Depois dos acontecimentos em Arkham Asylum,você novamente joga na pele de Batman.Ele está suspeitando de que há muitas coisas erradas nessa tal de "Arkham City",que foi criada para cessar os atos de violência que sempre ocorriam em Gotham City,separando as pessoas civilizadas dos malucos,psicopatas e bandidos.
E basicamente é só isso,não posso contar mais nada,para ninguém pegar um spoiler.
Acessando o menu,temos biografias de vários personagens que estão incluídos no enredo,alguns com informações valiosas,e tudo isso é desbloqueado coletando troféus e decifrando enigmas do Charada.
No menu inicial podemos ver artes conceituais,e modelos 3D dos personagens,que também são desbloqueados da mesma maneira que as biografias.Não sei se a história é baseada ou inspirada na HQ,mas eu posso dizer que ela é excelente.

Extras,extras,e mais extras
Já falei sobre os troféus,charadas,artes conceituais,modelos 3D e biografias.Isso é "só" uma parte dos extras do jogo.Em Arkham City podemos encontrar várias referências e easter eggs,feitos de propósito para deixar os jogadores surpresos.E é verdade,muitos deles impressionam mesmo.
As DLCs em minha opinião são imperdíveis.Numa dessas DLCs,podemos jogar com a Mulher Gato,e seus controles são bem distintos do Batman.Ela não plana mas em compensação usa um chicote,e pode se agarrar nas paredes,e os acessórios são bem diferentes,isso vale também para as habilidades (como a de se pendurar em grades).É importante ressaltar que ela tem missões próprias e que encaixam-se perfeitamente na história. 
O outro DLC é do Robin,que infelizmente só é controlável nos desafios (que são destravados depois de zerar o game),e o da Arlequina,que inclui uma pequena série de missões.

Conclusão:Um jogo excelente
E porque fazer em 2013,uma análise de um jogo de 2011?
Porque Batman Arkham City é com certeza o melhor jogo de um super-herói já feito,e também um dos melhores jogos da sua geração.
Portanto,se você ainda não jogou,compre ou troque este jogo e jogue até zerar,e se você é um fã do personagem,esse jogo é mais do que obrigatório!
ALTAMENTE RECOMENDÁVEL

OBS:sugiro que peguem a versão GOTY,que já vem com todos DLCs inclusos no disco.

Até a próxima postagem galera!

2 comentários:

  1. Ótimo post, realmente parece ser um jogão. Talvez quando eu comprar um PS3 ou Wii U, eu pegue esse Game (Curto muito o Morcegão, melhor herói de HQs já feito \o/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente.
      Tem uma versão pra Wii U (a "Armored Edition"),que deve vir com todos os DLCs também,mas recomendo fortemente a versão de PS3 (se tu conseguir comprar).
      Eu posso dizer que esse é um jogo que valeu muito a pena jogar!
      Tomara que se fizerem novos filmes do Batman,a Gotham City tenha personalidade própria,e claro,que eles sejam bons rsrsrs.

      Excluir