domingo, 14 de dezembro de 2014

Análise : The Legend of Zelda: Majora's Mask

     Olá leitos do blog, peço muitas desculpas por não ter postado antes mais minha falta de criatividade me impressiona O.O... Esses dias zerei The Legend of Zelda : Ocarina of Time e pretendia fazer sobre ele mais já mostraram o do 3DS e ouvi falar que é quase a mesma coisa só com a mudança dos gráficos (se estiver errado me corrijam). Enfim, comecemos nossa análise de um jogo sombrio... Em certas partes assustador...  THE LEGEND OF ZELDA! MAJORA'S MASK!
The Legend of Zelda: Majora's Mask apesar de muitos disserem ser muito assustador pelos cenários obscuros e pelo fato de ter tempo pra realizar tarefas as vezes muito demoradas antes que a Lua caia em cima da cabeça e mate a todos nós num grande apocalipse entre outras coisas... Mas eu não achei tão assustador quanto tantos dizem a única hora que me tremi um pouco foi para matar uns E.T's as 2 DA MADRUGADA! Bem antes de tudo prefiro mostrar o Enredo pois esclarece logo qual é a história do jogo. Então vamos começar...

Enredo

Três meses depois dos acontecimentos do Ocarina of Time Link vai atrás de Navi a fada que sumiu no final de The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Andando em sua Égua (Epona) tranquilamente sem problemas por enquanto. Duas fadas, Tatl e Tael assustam Epona que derruba Link para trás. Enquanto Link estava inconsciente, Skull Kid roubou a Ocarina e começou a tentar toca-la. Link acordou e tentou ataca-lo mais ele fugiu com a Epona. Mas Link incrivelmente conseguiu se segurar na pata de Epona que corria rapidamente... Bem, mais Skull Kid faz uma curva perigosa e Link fica para trás. Então Link vai atrás de Skull Kid e numa certa hora cai num buraco gigantesco. Bom, Link atravessa uma passagem dimensional que leva á um mundo paralelo. Bem neste mundo paralelo, Link acorda e encontra Skull Kid mais com o poder da Majora's Mask ele transforma Link em um Deku Scrub...
Bem então Link vai atrás dele mas Skull Kid foge deixando Tatl para trás. Sentindo-se traída ela resolve se juntar a Link, atrás de recuperar sua forma original e a Ocarina of Time. Então ele vai a dentro do Relógio de Clock Town e encontra o vendedor de mascarás.

Bom isto é o principal da história, se eu fosse falar mais já era spoiler

Gameplay

Bem neste jogo será assim... Você terá 3 Dias para encontrar para o vendedor de máscaras a Ocarina of Time, e ele te ensinará uma música que lhe transformará de novo em Link. Mais não é tão simples consegui-lá... Basicamente, o gameplay é parecido com o do Ocarina of Time, mais tem as máscaras e alguns itens novos e outros do Ocarina of Time que não aparecem. Bom pra mim as máscaras incrementam ainda mais a jogabilidade do jogo deixando ele ainda melhor. Acho o Ocarina of Time melhor mais gostei muito desse...
Pra variar, se os 3 dias passarem sem você poder voltar no tempo... Já era... Irá passar uma cena com a lua caindo encima de Clock Town destruindo o mundo. Mas como eu disse "voltar no tempo" será a solução. Mais ainda quer dizer que terá que ser rápido nesse jogo. Bem rápido. Cada Dugeon do jogo possuí 15 Fadas bem escondidas que é preciso coletar para ganhar novos poderes. Aqui nosso objetivo atual é acordar os 4 espíritos guardiões para eles ajudarem a impedir a queda da lua (se você já venceu um Boss, é aquela coisa gigante que aparece numa cena logo após). Mas para isso é preciso derrotar os Chefes (Bosses) para quebrar as maldiçoes que prendem os espíritos guardiões. Se você prestar atenção, as Mascarás principais (Goron Mask, Zora's Mask, Deku Mask). Bem na Mascara Deku Você pode utilizar flores para voar se lançando com elas e flutuando por um certo tempo. Nas Dugeons sempre terá uma máscara essencial para chegar até o fim a do Deku é WoodFall, onde monstros serão derrotados usando o impulso das Flores e precisará atirar bolhas (um ataque do Deku que consome magia). A Mascara Goron pode rolar como um Goron mesmo, ao rolar vai chegar a um ponto que consumirá magia também pois todas as 3 mascarás principais tem uma habilidade que consume magia. Essa mascará será bastante usada na Dugeon SnowHead onde é preciso Rolar para se locomover em certas áreas da Dugeon. A Mascara Zora Pode usar magia dentro da água formando um escudo de magia e nada muito rapidamente como as outras também é essencial. No jogo são 24 mascaras para coletar por ele. Como no Ocarina of Time aqui podemos usar a Epona, mais dessa vez não precisa ser adulto, isso me lembra também de alguns personagens que só mudaram o nome como Malon - Romani, não acho que só trocar alguns nomes não fez muita diferença. No Ocarina of Time existem sei-lá quantas Skulltulas que devemos capturar ao longo do jogo, já nesse existem mapas em que devemos as caçar em troca de algo, Como a Mask of Truth
Algo que achei chato nesse jogo é tipo: completei WoodFall e agora a água que era envenenada virou água normal. Depois tenho que voltar no tempo e... &$@! A ÁGUA TA ENVENENADA DE NOVO! Ai me da uma sensação de que a missão não está cumprida... A que mais me irritou é que eu acabei com o gelo do vilarejo dos Gorons e acabei a dugeon, depois voltei no tempo e... &$@! VIROU UM PICOLÉ DENOVO! Bem, uma parte estranha do jogo foi um pouco antes de pegarmos a Romani Mask, devemos salvar o celeiro de ALIENS. Sim, aliens. O pior que se você deixar eles chegarem no seleiro eles levam as vacas pra fazer um churrasquinho gostoso e acabam levando a Romani também, e só voltando no tempo pra ir de novo...
Nesse jogo pelo jeito é preciso ter ingrês fluente, pois numa certa parte do jogo você precisará tirar as múmias do seu caminho, mais o único jeito é dando a ela de comer, mais você provavelmente não vai nem poder adivinhar oque é na maioria das coisas por causa do inglês do jogo. Isso dificulta um pouco...
Incrível como eu consegui passar sem falar inglês.
Nesse jogo existe duas músicas secretas (ou mais, mais só descobri essas) a Inverted Song of Time que literalmente é a Song of Time invertida. Com ela o tempo fica mais devagar. E a outra é a Song of Double Time que se não me engano é  A A que tem o seguinte efeito: Digamos que eu esteja na manhã do primeiro dia, se eu a tocar, vamos a noite do primeiro dia, e se eu tocar novamente estaremos na manhã do segundo dia. Serve como a Sun song do Ocarina of Time mais se você a usar vai perder tempo dos seus 3 dias.
A Song of Healing é importante ela serve para curar a si mesmo e á outras pessoas como em uma parte antes de Ikana para ganhar a mascara das múmias. Existem monstros que são caveiras em chamas azuis, diferente do Ocarina of Time eles não te dão só um dano. Se te acertam você pisca azul e quando tenta fazer algumas ações do jogo aparece que você está "jinxed" Para curar isso devemos tocar a Song of Storms outra coisa que me lembra o Ocarina of Time. Algo que achei  bom neste jogo é a Tatl ser a fada, pois pelo menos ela não te ofende quando você vai pro lado errado como certas fadas...
No jogo não vejo muitas músicas animadas algo que pucha o jogo ainda mais pro lado assustador além de os cenários a maioria já serem escuros e ter que enfrentar aliens as duas da madrugada.

Concluindo o Gameplay, deu pra perceber que o jogo herdou muitas características do Ocarina of Time mais por ser um jogo de mascaras também inovou muito. É um jogo muito bom, que sim, vale a pena jogar.

Trilha sonora

Em todos os jogos de TLOZ (The Legend of Zelda) um ponto que nunca passa despercebido é a trilha sonora, quase sempre (ou sempre) os jogos tem trilhas sonoras envolventes, algumas músicas de locais no Ocarina of Time viram músicas que podemos tocar com a Ocarina, por exemplo, vá ao Castle Cotyard de lá, e ouça a música. Lá também aprendemos a melodia daquele local que é a Zelda Lullaby... Ou nos Templos que isso mais acontece. Nos templos, as músicas são usadas para teleporte como a Song of Soaring do Majora's Mask, essas músicas acabam se envolvendo tanto no gameplay como na história do jogo, veja o vídeo a seguir:
Uma música bem legalzinha do Majora's Mask é a Elegy of Emptiness que cria uma estátua seu que pode por exemplo segurar um swift...


Esse é usando a Elegy of Emptiness como Goron
Como Zora...

E como Deku.
Pena que como Deku não ajudava muito essa canção, pois não tinha peso suficiente para apertar um Swift

Algo do jogo que te deixa desesperado é em Clock Town, a música vai acelerando com o decorrer do tempo como se estivesse te apressando e a lua cada vez mais perto do chão te deixa ainda mais desesperado.
Pra mim a trilha sonora do Majora's Mask é a mais rica de todas, aliás, ela combina muito bem com os mapas e por exemplo em corridas o ritmo é mais acelerado deixando o jogador mais no clima de uma corrida, por exemplo, veja:
Acho que já entenderão oque tenho a dizer sobre a trilha sonora...


Bom, agora tenho algo bizarro a mostrar pra vocês: em uma comemoração de Dia da Terra do Google de sei-lá que ano eles esconderam entre os arbustos um símbolo da Triforce! Sim isso mesmo!
E apareceu mais outras vezes  no dia da terra até que parou em 2009 ano que também mostrou no aniversário de morte de Nikola Tesla engenheiro 

 Estranho...

Voltando á Majora's Mask algo também muito bizarro é a lenda de seu cartucho amaldiçoado. veja este vídeo em que o jogador que diz ter o Cartucho amaldiçoado jogando, no vídeo o player uma a mascara Zora e morre afogado sendo um ser aquático. Ele diz que depois o salve também se deu ao nome de "Drawned" que significa afogado, mais isso é só uma parte de seus vídeos horripilantes sobre o cartucho
Além disso ele relatou que a estátua de Elegy of Emptiness do Link o perseguia para todo o lugar, e além disso, ele disse que uma vez em um cemitério do jogo uma cova de abriu e apareceu uma mensagem dizendo isso no jogo: "Esse será o nosso segredinho"...
Confira este vídeo:
Logo de cara você vai observar a West Clock Town sem chão na escadaria, e ele também entra no 4° dia dos 3 que são normalmente dados ao jogador, o New Day só aparece quando você zera o jogo oque não aconteceu exatamente, entre outras coisas muito estranhas...
Neste ele se afoga como Zora, do jeito que falei.

Bom isto é tudo, espero que tenham gostado, se algo o encomodou comente, e até meu próximo post

6 comentários:

  1. Bom...eu tomei spoilers nessa análise.

    Sobre ela,ficou boa em algumas partes,mas ainda falta falar mais sobre como o jogo é,como ele funciona,sua opinião sobre ele,se é bom ou ruim e mais importante ainda : por que ele é bom ou ruim.

    Isso pra mim não pode faltar numa análise,portanto,ainda continuo decepcionado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por sua opinião GF, sei que ainda preciso melhorar muito...

      Excluir
    2. Mas tá progredindo cara,e disso eu estou gostando. :)

      Excluir
    3. E como o Rafael disse,a análise ficou bem decente.
      Agora uma parte que eu gostei foi em que você fala da trilha sonora,especificamente,essas frases:

      "Em todos os jogos de TLOZ (The Legend of Zelda) um ponto que nunca passa despercebido é a trilha sonora, quase sempre (ou sempre) os jogos tem trilhas sonoras envolventes"

      "essas músicas acabam se envolvendo tanto no gameplay como na história do jogo"

      Se você colocar mais disso nas suas análises,tenho certeza que elas vão melhorar muito,e é justamente o que eu estava pedindo.

      Excluir
  2. Achei a analise decente, apesar de pecar em alguns aspectos.

    Caraca GF, ainda não zerou o Majora's Mask? Baixa ai em um emulador, sério. Não sabe o que está perdendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não cara,ainda não zerei.Sei muito bem o que eu estou perdendo : um jogaço indispensável principalmente pra um fã de Zelda.Mas...se você soubesse a quantidade de jogos que tenho que terminar...

      Ó,tem Dishonored,Deus Ex Human Revolution (estou empolgado pra jogar ele),DoReMi Fantasy,Terranigma,Super Mario Galaxy 2,etc.
      É muito jogo pra tão pouco tempo. >:(

      Excluir